São Paulo — Ao longo de 2014, alguns projetos conquistaram a opinião do público e conseguiram bons financiamentos em plataformas coletivas (como o Kickstarter e o Indiegogo). Veja a seguir os dez projetos mais bacanas que foram publicados nesse tipo de site.

Dash

Divulgação/Dash
Fone de ouvido inteligente Dash
O Dash é um fone de ouvido inteligente. Ele pode se conectar ao smartphone via Blutooth e transmitir informações como distância percorrida em um exercício e velocidade média. Ele também funciona como bloqueador de som, cancelando as frequências do ambiente ou ser totalmente “transparente”, permitindo que o som passe como se não houvesse nada no ouvido.
O projeto pediu por 260 mil dólares para construir o Dash. O total captado foi de 3,39 milhões de dólares.

Pocket Drone

Divulgação/Pocket Drone
Pocket Drone
O Pocket Drone é um drone bem pequeno. Ele tem tamanho menor do que um tablet de sete polegadas, de acordo com seus criadores. Ele pode ser carregado para qualquer lugar. Para seu desenvolvimento, os criadores pediram por 35 mil dólares, mas acabaram arrecadando 929 mil.
Ele está em pré-venda no site dos criadores por 549 dólares.

SCiO

Divulgação/Consumer Physics
Imagem do SCiO
O SCiO é vendido como um sensor molecular. Ele é capaz de fazer análises de superfícies e de dizer qual a composição química de um objeto. Uma das funcionalidades é dizer quanto açúcar existe em um alimento, por exemplo. Ele é o primeiro sensor a usar um espectômetro e que pode ser carregado no bolso.
Para iniciar a produção, os desenvolvedores pediram um investimento de 200 mil dólares. No final do tempo de captação de recursos no Kickstarter, foram arrecadados 2,7 milhões de dólares.

Pono Music

Divulgação/Pono Music
Pono Player, do projeto do Neil Young
Um dos projetos de crowdfunding que mais chamaram atenção neste ano foi o Pono Music. Ele é uma ideia do músico canadense Neil Young que quer oferecer músicas com altíssima qualidade. O projeto recebeu mais de seis milhões de dólares.
A loja de músicas já está no ar com nomes como Neil Young, Wilco e Leonard Cohen em seu acervo. No site também é possível comprar o tocador (como se fosse um iPod especial) por 400 dólares — o Pono Player deve ser entregue no primeiro trimestre de 2015.

Ring

Divulgação/Logbar
Anel inteligente Ring
O Ring é um anel inteligente. Ele pode ser conectado a um smartphone e executar tarefas pré-definidas usando apenas movimentos. É possível, também, enviar mensagens de texto apenas escrevendo as letras no ar — o anel reconhece o que foi escrito que envia o conteúdo por SMS. Ele também pode ser usado para pagamento digital, também usando gestos. A última funcionalidade é de receber alertas e notificações. Ele tem LEDs acoplados para a sinalização e também vibra.
O projeto foi cadastrado no Kickstarter para financiamento. Seu desenvolvedor pedia 250 mil dólares, mas arrecadou 880 mil.

Jolla Tablet

Divulgação/Jolla
Imagem do tablet Jolla
O primeiro tablet com financiamento coletivo nasceu em 2014. Ele é o Jolla tablet. Para ser construído, seus desenvolvedores pediram financiamento de 380 mil dólares. O valor captado superou muito o esperado e chegou a 1,8 milhão de dólares.
Ele deve ter uma tela de 7,85 polegadas, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. E empresa que trabalha nele construiu um sistema operacional, o Sailfish.

Micro

Divulgação/M3D
Micro, a pequena impressora 3D
A Micro, uma pequena impressora 3D, também chamou a atenção no Kickstarter. Os desenvolvedores vendem a Micro como a primeira impressora 3D para o mercado de consumo. Para isso, ela tem um tamanho reduzido, que não deve atrapalhar dentro da sala de casa ou de um escritório.
O financiamento necessário para o desenvolvimento da Micro era de 50 mil dólares. Foram captados, no entanto, 3,4 milhões de dólares. A impressora já está em pré-venda no site da empresa e sai por 349 dólares.

Hora do Código

Reprodução/YouTube
Crianças participando do projeto Hora do Código
O projeto Hora do Código é o mais bem sucedido da plataforma Indiegogo. Ele foi criado pelo Code.org, uma ONG que pretende difundir o ensino de programação em escolas do mundo todo. A Hora do Código foi o projeto mais recente da ONG que queria dar uma hora de aulas de programação para 100 milhões de crianças.
Para isso, era necessário um aporte de 5 milhões de dólares. Com a ajuda de celebridades e de grandes nomes da tecnologia, como Bill Gates, o objetivo foi alcançado. Mark Zuckerberg, co-fundador e CEO do Facebook, doou um milhão de dólares para o programa.

Solar Roadways

Divulgação/Scott Brusaw
Imagem do projeto Solar Roadways
O projeto Solar Roadway quer substituir estradas e pisos por paineis solares. A ideia é que o material possa ser usado em estradas, caminhos ou estacionamentos. De acordo com os desenvolvedores, o material é capaz de aguentar mesmo transportes extremamente pesados como caminhões.
O pedido inicial de financiamento era de um milhão de dólares. O projeto, no entanto, conseguiu reunir 2,2 milhões de dólares.

Coolest Cooler

Divulgação/Coolest
Imagem do Coolest Cooler

O Coolest Cooler é, assim o nome já sugere, um cooler. A diferença é que ele é cheio de aparatos e funções tecnológicas. Ele tem caixas de som, Bluetooth para conectar o smartphone, deck para conexão de iPhone, liquidificador para preparar drinks, bateria regarregável, porta USB, entre outras funções.

O projeto foi colocado para financiamento no Kickstarter. Ele pedia 50 mil dólares para a produção. No final, foram arrecadados mais de 13 milhões de dólares.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/os-10-projetos-mais-legais-de-crowfunding-de-2014/lista