ANTES DA IDÉIA


1. Propósito pessoal para empreender:

Alinhar o verdadeiro propósito pessoal com o significado do negócio provavelmente faz com que os empreendedores se tornem pessoas mais felizes. A ferramenta Propósito pessoal para empreender tem a missão de ajudar quem tem um negócio a fazer essa concordância de fatores. Indicada para empreendedores com negócios de todos os portes, a ferramenta tem um foco especial nos que estão preocupados em definir – ou identificar – um propósito pessoal e analisar de que forma ele está na missão do negócio.

Em geral, costuma-se pensar que o momento da criação de um negócio é o mais importante de uma trajetória empreendedora, mas encontrar o porquê de empreender e a relação pessoal com o produto ou serviço oferecido farão com que a condução do negócio seja mais consistente e o empreendedor, mais resiliente. Isso também deverá fazer o empreendedor perceber que “ganhar dinheiro” com a empresa é apenas um dos fatores de motivação e que o lucro será uma consequência do bom trabalho realizado.

Ao usar esta ferramenta, os empreendedores serão motivados a responder a perguntas que levarão a reflexões sobre por que, como e com o que empreender.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


2. Autoconhecimento empreendedor:

Conhecer o próprio perfil é essencial para tomar as decisões certas. Você conhece seu perfil? Tem características realmente empreendedoras? Sente-se confortável para assumir riscos, liderar pessoas e trabalhar sem pensar em muito descanso? Ou prefere saber exatamente quanto vai receber no final do mês, ter feriados e finais de semana? A ferramenta Autoconhecimento empreendedor é indicada para todos que pensam em ter um negócio próprio ou que já estão à frente de suas empresas. Seu objetivo é orientar um conhecimento maior a respeito de si mesmo, o que é essencial para prever determinados comportamentos e identificar pontos fortes e fracos.

A ferramenta orienta a adoção de três abordagens complementares para determinar sua personalidade empreendedora. Para começar, será preciso fazer um teste usado no mundo todo há décadas, o MBTI. Por ele, será possível descobrir qual dos 16 tipos de personalidade a pessoa tem. O MBTI é muito adotado em gestão de pessoas e pode ser aplicado também a funcionários e sócios. Entender a forma de agir de cada um é importante para alinhar expectativas e formas de trabalho. Se você vai abrir uma vaga que exige capacidade de concentração e poder de análise, a pessoa mais indicada não será aquela que precisa do contato com os outros para trabalhar melhor. Talvez alguém mais introvertido seja mais indicado para a função.

Depois de fazer o MBTI, o empreendedor é orientado a refletir sobre as Características do Comportamento Empreendedor (CCE), outra abordagem usada há décadas e extremamente útil para avaliar com sinceridade o perfil para empreender. Pode fazer uma Análise SWOT de sua personalidade antes de partir para o próximo passo. Será a hora de aplicar a Teoria das Inteligências Múltiplas, desenvolvida na década de 1980 com o conceito de que a inteligência é a capacidade que as pessoas têm de resolver problemas. Para isso, usa nove tipos de abordagens diferentes. Ao final, o empreendedor deve fazer um plano de ação simples, para orientar seu desenvolvimento pessoal.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


NA FASE DAS IDÉIAS


3. Funil de ideias para um novo negócio:

Muitas pessoas pensam em abrir um negócio, mas não sabem como chegar a uma ideia inovadora, com potencial para dar origem a uma empresa de sucesso. Essa ferramenta é dedicada a esses potenciais empreendedores.

O funil de ideias para um novo negócio propõe duas abordagens. A primeira parte da vivência do empreendedor: sua origem, família, nível de formação, experiência profissional etc. A outra parte da observação do mercado. Seria interessante copiar algo que já existe? É possível identificar insatisfações ou problemas enfrentados por algum grupo de pessoas ou empresas? Quais são as grandes tendências de mercado?

Formuladas as perguntas, o resultado deve ser uma lista bastante extensa. Tome nota de tudo na própria ferramenta. Ou em outra folha de papel, se não couber. Para reduzir a lista, descubra quais dessas ideias são compatíveis com o seu perfil. Por fim, é necessário fazer uma análise de mercado para cada uma.

Usando um desses dois trajetos, ou uma combinação de ambos, o futuro empreendedor chegará a boas ideias, prontas para ser transformadas em planos de negócios.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA

Assista ao vídeo tutorial desta ferramenta, com o Prof. Marcelo Nakagawa.


4. Effectuation para não empreendedores:

Você quer abrir um negócio, mas ainda tem receio de se tornar empreendedor? A ferramentaEffectuation para não empreendedores se propõe a ser um passo a passo para quem quer ter sua empresa, com orientações desde a etapa de geração das ideias de negócio, passando pela implementação até chegar ao crescimento inicial.

Abrir uma empresa usando como base o modelo do Effectuation significa levar em consideração mais os efeitos desejados do que as causas. É assim que a maioria das empresas começa. O resultado esperado pelo empreendedor é ter um negócio, mesmo sem saber todos os detalhes. As coisas vão acontecendo aos poucos, assumindo o risco de não dar certo logo.

A ferramenta tem seis passos fundamentais, que estão dispostos em um diagrama que o empreendedor deve preencher. A técnica pode ser usada também por microempreendedores individuais.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


AVALIANDO A IDÉIA


5. Business Model Canvas:

Indicada para organizações de todos os portes, a ferramenta Business Model Canvas (BMC) é usada principalmente por empresas nascentes, na fase mais básica do planejamento do negócio. Sua função é permitir que empreendedores e estrategistas definam o modelo de negócios da empresa de uma forma simples e visual.

Por sinal, o caráter visual da ferramenta é marcante. Ele permite relacionar as informações de uma forma sistêmica, integrada e rápida. A BMC é útil para discutir e integrar percepções sobre a maneira como a empresa deve atuar, os elementos de cada parte e como as elas interagem para compor o negócio.

Assista ao vídeo tutorial desta ferramenta e baixe o aplicativo do Movimento Empreenda para fazer seu canvas direto no celular ou no tablet.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


6. Análise 360° da oportunidade de negócio:

Sua cabeça está fervilhante de boas ideias e você não sabe ao certo como transformá-las em algo que dê dinheiro? Pois a ferramenta Análise 360° da oportunidade de negócio pode ajudá-lo a verificar se sua ideia é viável ou não, identificando seu possível público, quanto ela poderia gerar de faturamento etc.

Esta análise é essencialmente para empreendedores de primeira viagem e serve para identificar e avaliar entre um pacote de ideias qual delas representa a melhor oportunidade. Ela é útil para guiar o empreendedor para refletir sobre suas vontades e necessidades e relacioná-las a aspectos internos e externos do negócio. Afinal, de nada adianta ter uma boa ideia de negócio, mas não querer trabalhar exatamente com aquele mercado.

Não é difícil usar a ferramenta. O fundamental é analisar uma ideia de cada vez. O primeiro passo é avaliar a relação da ideia com o mercado, para estimar sua viabilidade. O passo seguinte é pensar na ligação entre a ideia e seu perfil empreendedor. A melhor delas será a que conseguir equilibrar melhor os dois passos.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


7. Mapas mentais para empreendedores:

Se boas ideias não faltam na sua empresa, mas você e seus colaboradores ainda não tiram o melhor proveito delas por falta de uma visão sistêmica do negócio, a ferramenta Mapas Mentais pode se tornar uma aliada na gestão. Com ela, é possível ordenar pensamentos correlatos de forma lógica e visual.

O conceito básico de mapa mental sugere que, em torno de uma questão central, relacionem-se questões secundárias, terciárias e assim por diante por meio de conexões visuais. O desafio consiste em gerar conteúdo relevante para ser organizado no mapa a partir de uma reflexão prévia.

O empreendedor pode usar esta ferramenta em diversos contextos, como rotina diária, identificação de oportunidades e planejamento de áreas. Afinal, um mapa mental nada mais é que um exercício que exige uma lógica para mapear, organizar e interligar o pensamento com aspectos internos e externos do negócio.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


PARA COLOCAR EM PRÁTICA


8. Nomes para um novo negócio:

Dar nome a um negócio é sempre algo trabalhoso. É raro encontrar uma empresa que não tenha tido dificuldade nessa parte. ‘Esse nome não é muito difícil?’ e ‘O que o nome significa?’ são duas questões corriqueiras. A ferramenta Nomes para um novo negócio é indicada para empreendedores iniciantes ou empresas existentes sem verba para contratar uma consultoria específica.

A ferramenta é simples e prática. Ela apresenta técnicas simples para gerar nomes e avaliar sua adequação ao negócio. Ela está estruturada em três etapas. A primeira é a geração de alternativas, que podem ir desde o sobrenome dos sócios até um conceito genérico. A segunda etapa é verificar a adequação estratégica do nome ao negócio e a terceira é a checagem da disponibilidade do nome no registro de domínios de site na internet. Seguindo esse passo a passo, o empreendedor poderá aumentar suas chances de encontrar o nome mais adequado ao negócio.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


9. Design de produtos – Steve Jobs:

“É muito difícil fazer o design de um produto a partir do que muitas pessoas dizem. Muitas vezes, elas não sabem o que querem até que você mostre a elas”, dizia Steve Jobs, uma unanimidade quando se fala em criatividade. Esta ferramenta foi inspirada nas ideias de Jobs e pode ser aplicada em negócios em fase inicial ou de pequeno porte que atuem na criação e na venda de produtos. Em alguns casos, ela pode ser adaptada também ao comércio e a serviços.

A ferramenta é uma alternativa para negócios que não dispõem de verba para contratar uma consultoria de design. Assim o empreendedor pode tentar melhorar o design de seus produtos, afinal, uma boa apresentação conta muito no momento de vender algo.

Mas não pense que as dicas da ferramenta são apenas de produtos consagrados como o iPod, o iPhone e o iPad. Essas coordenadas são úteis exatamente por apresentar as diretrizes usadas por Jobs no tempo que a Apple era ainda uma empresa de garagem e sem investimentos vultosos em design de produtos. Tudo isso adaptado para um pequeno negócio hoje.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


10. Plano de negócio em pirâmide:

O plano de negócio em pirâmide pode ter diversas utilidades: convencer pessoas a se envolverem com o negócio; organizar a execução das ações da empresa para atingir seus objetivos; funcionar como ferramenta de gestão de planejamento estratégico; ajudar o empreendedor a enxergar o negócio como algo sistêmico, onde todas as áreas estão integradas.

A ferramenta ajuda o empreendedor a formatar seu plano de negócio de acordo com um determinado objetivo. É indicada para start-ups em busca de investidores, estudantes de empreendedorismo e dirigentes de empresas de pequeno porte. Uma das principais vantagens do plano de negócio em pirâmide é organizar as informações de acordo com a necessidade do empreendedor.

Para que o instrumento funcione, o empreendedor precisa perceber que, no processo de planejamento, às vezes as perguntas formuladas são mais importantes do que as respostas. Pessoas inovadoras sabem criar perguntas visionárias para os seus negócios, antes que os concorrentes pensem a respeito.


LINK PARA DOWNLOAD DA FERRAMENTA


Mais ferramentas: http://movimentoempreenda.revistapegn.globo.com/


Fonte: http://movimentoempreenda.revistapegn.globo.com/news/2014/12/10-ferramentas-para-quem-quer-abrir-um-negocio-299.html